sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Os mudos gritos da Alma, são audíveis ao coração, errante andarilho... Evandro Jose Do Nascimento

sábado, 7 de setembro de 2013

É muito tênue a linha divisória, entre o sensual, e o escandaloso... Eu não sou forte o bastante, para separar o Homem carnal do Ser espiritual. Ambos convivem respeitando um ao outro. Eu nunca fui santo... Evandro Jose Do Nascimento

terça-feira, 3 de setembro de 2013

O amor platônico, é semelhante ao amor que se encontra ao alcance de um abraço: persiste pelo tempo que os nutrientes que lhe são ofertados, o sustentam; necessita como a Flor, permanentemente, do mesmo carinho e calor, para sobreviver...Evandro Jose Do Nascimento

domingo, 1 de setembro de 2013

Antes, eu me sentia obrigado a confessar, a motivação de um texto, se fosse romântico. Era quase tão importante confessar, como escrever... Agora não é assim: guardo comigo a Musa que inspira, mas sinto que ela sabe. Entre um ponto, e reticencias, sabe ela de onde lhe foi tirado virtude... Virtude à que voluntariamente, submeto-me. Evandro Jose Do Nascimento

A tua pele molhada


Vagou o meu pensamento de encontro ao teu,
vagou, pela tua Alma, pelo teu domínio...

Procurava paz, no teu olhar, e
O sabor de viver, no mel dos teus lábios,que
tal qual o desbrochar de uma flor,como a que vi adornando os teus cabelos, em um sonho, se abrem alegrando o coração.

Procuro o atrativo do amanhecer, à beira mar,
Nos teus pés, que acariciam a alva granulada,
Submissa às impressões que plantas,
À medida que passeias...

Segue o meu pensamento aos teus passos

O vento me trás o último aroma, de
um perfume, que a tua pele cedeu à água do mar, que não resistiu ao desejo de possuir-te.

Ficou para mim, a Natureza nua, e o teu natural, o melhor perfume...

Evandro Jose Do Nascimento
Loading...