terça-feira, 31 de julho de 2012

Gosto de abraçar apertado e demoradamente, mas não fecho os olhos... A aproximação até o contato é de olhos abertos, gosto de registrar cada segundo, até o êxtase registro de olhos abertos, curto cada espasmo do corpo da amada, cada contração de lábios e músculos da face... Se pudesse nunca tiraria os olhos de cima dela. By Evandro Zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...