segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Vem! desnude-se, liberte-se de temores, e pudores, pois, é o meu coração um habitat, sem chaves, sem portas, sem grades, ou barras de contenção. Evandro Jose Do Nascimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...