domingo, 22 de abril de 2012

Às vezes me é irresistível não calar, não adianta... Sou o que sou: incorrigível ao expor a paixão que explode incontrolável. Há apenas uma forma de deter-me: Sacia-me, pois grande é a minha sede... Evandro Zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...