sábado, 6 de agosto de 2011

PARA FRANCIELLE SOBREDA COM CARINHO...

VESTÍGIOS DE TÍ

...É tarde, fecho os olhos e logo
O pensamento vaga ao seu encontro e um outro mundo anima-me.
Uma hora, um minuto, cada segundo sem tí dói na alma.
Olho em volta...
Rigozijam-me os vestígios de tí.
Cama disforme revela os sinais do nosso encontro,
O odor liberado pelo extrato fluídico do nosso amor é perceptível.
Na sala de banho, a toalha molhada
Tocou seu corpo de onde acabei de sair,
O rastro da água que te acariciou,
Conduziu-me a um compartimento
Onde peças delicadas
Escondem o ouro do prazer,
Amada minha...
Um manto maior ví ocultar
Monumento tributo à luxúria, teu corpo.
Vaga pensamento ardente, inquieto ao teu encontro...

Obra de Zetigre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...