terça-feira, 13 de março de 2012

O teu silêncio desperta o meu brado e o meu desejo de combater a opressão que te sufoca. A mão que acaricia, é a mesma que empunha a espada que lutará por tí, minha amada. By Evandro Zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...