quinta-feira, 24 de maio de 2012

O despertar da Rosa



Suave é o teu sono em solo afável, terreno fértil
Peito amigo a te proteger...
As pétalas de seda teus cabelos se alastram sobre o altar do teu adorador

Não totalmente refeita, retorna lenta e graciosamente o teu ânimo,

Descortinam-se os olhos lindos, e um sorriso foge da rosa dos lábios manjar divinal

Saúda-me a sinfonia tua voz aos carinhos das mãos que me seduzem

Desperta estás do repouso,mas detem-te no leito...

Queres mais colo ainda, então
Entrego-me inteiramente como combustível que
Consome o ardor da volúpia

Eu sou o ar que te infla a alma,
A motivação do teu existir...

Tu és a Rosa do jardim do Éden,
o meu sofrimento, o meu gôzo, e
A minha esperança...

By Evandro Zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...