segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Beleza oculta





A real beleza da Mulher, é
Como a utopia de uma realidade a ser alcançada,
É, o invisível aos olhos do seu interior,
O precioso valor oculto que mesmo após localizado,
árduo se torna tê-lo nas mãos...
A inebriante beleza, aos sentidos, tem uma pele
macia protetora que é a porta, o princípio de tudo...
Não se pode alcançar a um tesouro, senão após muito prospectar...
As preciosas joias do coração, invisíveis aos olhos carnais,
Guardadas são pela veste guardiã da beleza exterior
Geram as suas vibrações alertas feromonais   para a
Alma que chora
É o princípio ativo dessa busca sôfrega,
O revelador fator que move as gêmeas Almas...
É o princípio do fim das dores,
E o princípio é o olhar, a forma, o cheiro e o toque.
Geram as preciosas joias, intensas eternas vibrações...

Evandro Zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...