segunda-feira, 17 de outubro de 2011

SE EU PUDESSE...

Se existisse a perfeita forma de transmitir
O que trago em mim
E a tí apenas passar eu pudesse
Não me afetaria a angústia, esse verdugo ceifeiro maléfico.
Se aos teus ouvidos sussurrar eu pudesse,
O que trago no peito,
Gôzo seria a dor que em mim provoca,
O silêncio da tua ausência.
Se os meus lábios aos teus unir eu pudesse,
Válido seria o pesar que arrasto.
Pudesse eu unir meu pensamento ao teu...

Obra de Zetigre
www.polishop.com.vc/zetigre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...